A Dor Serena


Uma mãe capaz de suportar serenamente a dor da morte de um filho surge aos olhos alheios como insensível. Como se ausência de gritos significasse falta de amor!

Há dois anos,  minha amada e saudosa Lilih teve sua passagem desta vida terrena... A imagem que ficou é de uma jovem alegre, risonha, amorosa e companheirinha. Uma perda irreparável, uma dor infinita... Mas, a certeza de que minha filha caçula tornou-se um anjo que me protegerá a cada dia até o final de minha existência...

Hoje tem festa no céu. Pai e filha de mãos dadas caminhando na Eternidade. Embora distante, minha mente e coração seguem vocês na mesma estrada...

Minha singela homenagem à filha amada que tanta falta me faz.  Tenho saudade das músicas tocadas no teclado, do abraço apertado e dos momentos quando praticávamos a terapia do riso... Descanse em paz, meu anjo!

Definição de filho por José Saramago:

Filho é um ser que nos emprestaram por um curso intensivo de como amar alguém além de nós mesmos, de como mudar nossos piores defeitos para darmos os melhores exemplos e de aprendermos a ter coragem. Isto mesmo! Ser pai ou mãe é o maior ato de coragem que alguém pode ter, porque é se expor a todo tipo de dor, principalmente da incerteza de estar agindo corretamente e do medo de perder algo tão amado. Perder? Como? Não é nosso, recordam-se? Foi apenas um empréstimo...


Melhor visualização na tela cheia (full screen). Clique Play e a letra "F" no teclado.
Fundo musical: Aurio Corrá - Azul
Formatação: Simone Pereira Rodrigues

Um comentário:

  1. Linda homenagem para estrela que brilha no céu, eternamente em nossas lembranças.

    ResponderExcluir

Este blog foi criado em 2009, por causa das lindas apresentações recebidas de contatos conhecidos, que dedicam parte de seu tempo formatando textos com imagens e canções belíssimas.
Espero que você aprecie e deixe seu comentário.
Meu forte abraço,