Vou-me embora pro passado

Jessier Quirino é paraibano de Campina Grande, arquiteto por profissão, poeta por vocação. Com seu estilo humorístico da poesia matuta, gênero consagrado da literatura brasileira, ele é o narrador desta apresentação.

Uma viagem no túnel do tempo, de volta aos anos 60, em que o formatador consegue enriquecer o poema de Quirino através de imagens, lembrando os hábitos, tradições, influência estrangeira, comportamento e os chamados “reclames” da rádio e TV.

É pura nostalgia e registro de uma época distante. Vale reservar alguns minutos para ouvir a declamação deste poeta.
Melhor visualização na tela inteira (full screen)

No site oficial de Jessier Quirino você encontrará alguns vídeos e, dentre eles, uma entrevista no Programa do Jô: http://www.jessierquirino.com.br/

Formatação: Mário Lugo Vieira
Fundo musical: Leva eu Saudade, Nilo Amaro e os cantores do Ébano

2 comentários:

  1. Eu não o conhecia! Realmente, uma doce viagem nostalgica!

    ResponderExcluir
  2. Fico feliz que tenha gostado da apresentação, Sissy. Nossos poetas precisam ser divulgados, sempre!
    Meu afetuoso abraço,
    Yolanda

    ResponderExcluir

Este blog foi criado em 2009, por causa das lindas apresentações recebidas de contatos conhecidos, que dedicam parte de seu tempo formatando textos com imagens e canções belíssimas.
Espero que você aprecie e deixe seu comentário.
Meu forte abraço,