Azul do vento

Melhor visualização na tela inteira (full screen)

Fundo musical: Chopin, Les Silfides (versão new age)

Esta apresentação é um pequeno tributo ao eterno Mario Quintana, que nasceu na cidade de Alegrete, RS, e faleceu em 1994, próximo de seus 87 anos. Mario Quintana tinha um carinho especial pelas crianças, tendo dedicado a elas alguns de seus livros.

Dentre os vários poemas de Quintana, um deles conta sobre uma passagem de sua infância:

“Oh! aquele menininho que dizia “Fessora, eu posso ir lá fora?”mas apenas ficava um momento bebendo o vento azul...”

4 comentários:

  1. Que lindo com o novo design adorei...
    Tu mesma o fazes ? ...nossa espetacular
    Volto sempre a este lugar acolhedor,
    vou tentar lincar ao meu blog.

    ResponderExcluir
  2. Querida Helga,
    O layout foi desenvolvido por Aqua Poppy Designs(aquapoppydesigns.blogspot.com). É um site de uma simpática webdesigner, que desenvolve design personalizado e também oferece alguns gratuitos.
    Obrigada pelo carinho da mensagem.
    Meu afetuoso abraço,
    Yolanda

    ResponderExcluir
  3. Yolanda que coisa mais linda de se ver.
    "A beleza é a forma angélica da verdade".
    Bjos

    ResponderExcluir
  4. Fico feliz com teu comentário, Cecília. Todo o crédito é do autor da apresentação, que assina com o codinome um_peregrino, e que nos presenteia com seus trabalhos.
    Meu carinhoso abraço,
    Yolanda

    ResponderExcluir

Este blog foi criado em 2009, por causa das lindas apresentações recebidas de contatos conhecidos, que dedicam parte de seu tempo formatando textos com imagens e canções belíssimas.
Espero que você aprecie e deixe seu comentário.
Meu forte abraço,