Não tenho idade, tenho vida

Melhor visualização na tela inteira (full screen)

Formatação: Procurando autoria (automatização por Henrique Wittler)
Música: Cómo han pasado los años, Chamin

Graciosa apresentação com um texto singelo, mas muito significativo, abordando a velhice. Alguns envelhecem de vez porque não amadurecem, pois envelhecer é quando nos fechamos a novas ideias ou quando deixamos de lutar.

“A vida não é curta; são as pessoas que permanecem mortas tempo demasiado”.

0 comentários. Para comentar clique aqui.:

Postar um comentário

Este blog foi criado em 2009, por causa das lindas apresentações recebidas de contatos conhecidos, que dedicam parte de seu tempo formatando textos com imagens e canções belíssimas.
Espero que você aprecie e deixe seu comentário.
Meu forte abraço,