As cores do Outono





“O outono é um caminhante melancólico e gracioso que prepara admiravelmente o solene adágio do inverno.” (George Sand)




A palavra equinócio vem do Latim, aequus (igual) e nox (noite) e significa "noites iguais", ocasiões em que o dia e noite duram o mesmo tempo - isso se dá quando a Terra atinge uma posição em sua órbita onde o Sol parece estar situado exatamente na intersecção do círculo do Equador Celeste com o círculo da Eclíptica; ou seja, instante em que o Sol no seu movimento anual aparente pela Eclíptica, corta o Equador Celeste, apresentando declinação de 0º. As estações do ano são opostas nos dois hemisférios e as denominações se invertem e pode haver variação de um ou dois dias nas datas descritas.
Os equinócios ocorrem nos meses de março e setembro quando definem mudanças de estação. Em março, o equinócio marca o início da primavera no hemisfério norte e do outono no hemisfério sul. Em setembro ocorre o inverso, quando o equinócio marca o início do outono no hemisfério norte e da primavera no hemisfério sul.

Aprecie as sábias citações e lindas imagens de Outono nesta graciosa apresentação!

Melhor visualização na tela cheia (full screen)
Formatação: Lise Tardif
Citações:http://www.evene.fr/
Fundo Musical: l’Adieu, Chopin

O trecho abaixo faz parte do ótimo site Euterpe, Blog de Música Clássica, que traz a análise da obra “Vivaldi, O Outono”.  Vale conferir!

Outono é tradicionalmente a época da colheita, e para celebrá-la, temos a Dança e canto dos camponeses.
O violino imita os deslizes e os risos alegres do camponês exagerando no vinho, ou seja, O ébrio.
E depois de muito vinho… eis o ébrio que dorme. Os mais atenciosos irão reparar que a melodia do violino se assemelha ao barulho de alguém roncando.
Fim de festa, os ébrios adormecidos se juntam para tirar uma soneca.
O concerto termina descrevendo com detalhes a caçada, com o violino solo imitando o som de trompas de caça.
E os caçadores encontram a fera que foge.
Ao final, a fera fugindo morre, para alegria do caçador.

Para seu deleite, não deixe de ver Folhas Mortas (Les Feuilles Mortes), interpretado por Yves Montand e o belo texto Folhas Secas, formatado por Amélia Soares.

12 comentários:

  1. Olá, Yolanda, como vai? Que bela maneira de esperar o outono, com tão belas palavras. Também podemos nos utilizar da sabedoria da época para jogar fora nossas "folhas secas" e esperar que tudo floresça belo, como na primavera. Um abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vou bem, amiga Bia. Feliz em ter sua presença neste meu singelo espaço.
      A paisagem no Outono é muito bonita, principalmente no hemisfério norte!
      Uma outra frase que me chamou a atenção:
      "O outono devolve à terra as folhas que ela emprestou ao verão."(Georg Christoph Lechtenberg)
      Meu carinho,
      Yolanda

      Excluir
  2. "É necessário que as folhas caiam para poder nascer outras em seus lugares"
    http://oexcluido.wordpress.com/2011/12/28/jardins-da-babilonia/
    Bela forma de se expressar!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amigo, do Excluido, obrigada pela visita e prestígio.
      A estação do Outono é ótima para refletir sobre a vida que levamos - as folhas mortas representam tudo aquilo que não precisamos mais, para dar espaço para o novo, os sonhos e esperanças...
      Meu grande abraço,
      Yolanda

      Excluir
  3. Yolanda, querida amiga, eu sempre gostei dos tons avermelhados do Outono. Combinam muito comigo. Como vejo a vida, a transformação.

    Ontem foi o Dia do Blogueiro, vim parabeniza-la. Pois atraves deste mundo encantado, eu tive a oportunidade de conhecer voce. Tudo de bom! Eu desejo sucesso com este seu lindo trabalho.

    Beijocas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também, como você, Sissy, me encantam as imagens do Outono. É bem isso: transformação, renovação!
      Agradeço o carinho das palavras e, acredite, a recíproca é verdadeira.
      Sucesso a nós, como blogueiras, prestando um bom serviço à blogosfera.
      Beijos
      Yolanda

      Excluir
  4. Obs.: assinei seu blog para receber atualizações, pois saí do dihitt.

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Alegra-me saber que gosta de minhas publicações.
      Quanto à sua saída... Bem, imagino que teve seus motivos.
      Enviarei uma mensagem pessoal para você, pois quero manter contato.
      Meu carinho,
      Yolanda

      Excluir
  5. Oi, Yolanda!

    Fascinante! O outono é um espetáculo à parte. As imagens são belíssimas, e o som dos violinos deram um toque mágico, especial...

    Beijos, querida
    Socorro Melo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Socorro!
      Fico feliz com sua agradável presença.
      Tem razão: o espetáculo do Outono é algo deslumbrante...
      Obrigada pelo prestígio.
      Meu carinhoso abraço,
      Yolanda

      Excluir
  6. Yolanda como vai?

    Que coisa linda! Outono com violinos um espetáculo.
    Adorei cada palavra que li.
    Obrigada por nos encantar com tanta beleza.
    beijo grande.
    Diana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sou eu que agradeço o carinho da visita, Diana!
      Violinos, folhas secas, chuva fina, reflexão... Elementos que marcam essa bela estação e nos faz renovar as esperanças.
      Meu forte abraço,
      Yolanda

      Excluir