Fronteiras

“(...) Um mundo sem fronteiras, sem bandeiras, sem separações de espécie alguma é o que almejo e sinto como possível um dia... A Paz que circundará a tudo e a todos nesse mundo sem separações, é que importará de fato! (...) (Lenapena)

Grávida de minha primeira filha, eu fiz uma excursão para Foz do Iguaçu e fiquei encantada com a beleza natural do lugar. Isso foi há mais de 30 anos...

Revendo as imagens nesta apresentação, lembrei-me que estive exatamente à margem das fronteiras do Paraguai e da Argentina. Tão perto, separada apenas pelas belas Cataratas do Iguaçu...  A vista do alto de um helicóptero dá pra perceber a magnitude desse lugar.

É com alegria que agradeço a oportunidade que o amigo Carlos Queiroz, da cidade do Porto, em Portugal, me proporciona, enviando-me belíssimos slides. Viajo ao redor do mundo com as apresentações que ele seleciona com esmero e publica em seu blogue.

Melhor visualização na tela cheia (full screen)
Formatação: Procurando autoria
Fundo musical: La Mision, Enio Morricone & Gabriels Oboe

Quero aproveitar e agradecer todos os amigos portugueses que tenho conhecido na blogosfera e redes sociais. Não há fronteiras que nos separem, pois basta um clique na tela para compartilhar maravilhas...

 São eles:

Ana Maria, Alcacer do Sal
Carlos Rocha, Aveiro
Maria Santos, Entroncamento

16 comentários. Para comentar clique aqui.:

Postar um comentário

Este blog foi criado em 2009, por causa das lindas apresentações recebidas de contatos conhecidos, que dedicam parte de seu tempo formatando textos com imagens e canções belíssimas.
Espero que você aprecie e deixe seu comentário.
Meu forte abraço,