O Homem da Rosa








“Trago uma flor comigo” – disse ele em voz alta, talvez querendo ser ouvido por alguém...







Recentemente, tive o privilégio de conhecer o jornalista e escritor amazonense Carlos Costa, através de um comentário deixado por ele em minha publicação La Barca. Pessoa educada, carismática, suas crônicas são agradáveis de ler e mostram um pensador, questionando sobre tudo, portador de uma bagagem de conhecimento imensurável.

Autor do livro O Homem da Rosa, em seu prefácio ele apresenta um homem sem idade, sem passado, presente ou futuro. Um homem que discute temas comuns, em lugares comuns. Um homem que mostra que a vida é formada em círculos de onde se sai e para onde se vai. Um homem quase comum, igual a você, a mim, a nós, que buscamos respostas...

Na apresentação do livro, o poeta Pojucam Bacellar comenta que o texto de Carlos Costa navega no cotidiano dos sentimentos, a caminho do sonho e do delírio, mas um delírio construtivo, oportuno, afinal é imprescindível clamar o amor diante das indiferenças.

Quando Carlos Costa me pediu para formatar um PPS com fragmentos deste seu livro, senti-me honrada, contudo, confessei a ele que eu entraria em contato com as formatadoras que gentilmente me enviam seus belos trabalhos, pois eu apenas veiculava as apresentações recebidas de amigos. Feito isto, a encantadora Amélia Soares se prontificou em me ajudar e aceitou o desafio. O resultado aí está: magnífico! 


Melhor visualização na tela cheia (full screen)
Formatação: Amélia Soares  
Fundo musical: Corazon Solitario, Ernesto Còrtazar 
Fragmentos do livro selecionados por: Fernanda Paixão (neta sobrinha de Carlos Costa)

O Homem da Rosa é um peregrino que tenta plantar a flor no coração dos homens. De aparência simples, envelhecido, barbudo e maltrapilho, segue com sua esplendorosa rosa imortal na esperança de poder entregar a flor a outras pessoas, para que ela floresça em seus corações.

Esta obra pode ser encontrada na íntegra no Gândavos, os contadores de histórias.

28 comentários:

  1. Excelente texto de apresentação e PPS sobre a obra O HOMEM DA ROSA do nosso amigo Carlos Costa.

    ResponderExcluir
  2. Boa noite Yolanda querida!

    Parabéns pelo seu cantinho acolhedor e "cheio de rosas".
    Que o ano que está nascendo seja de muita PAZ!

    Com afeto, Amélia

    ResponderExcluir
  3. Yolanda, mais uma vez, fiquei emocionado ao ler de novo o que escrevi em 1995 e publiquei somente em 1998, tendo o livro O HOMEM DA ROSA sido indicado em 1999 ao prêmio Jabuti.

    Uma feliz montagem da sua amiga,com a qual tenho contato também. Um forte abraço e um beijo em seu coração em forma de uma rosa que foi plantada e nasceu, com as lágrimas da moça que encerra o último capítulo de meu livro.

    Carlos Costa

    ResponderExcluir
  4. Olá, querida Yolanda
    Me fez recordar a querida Terezinha do Menino Jesus... que passa o seu Céu a jorrar flores na terra...
    Bjm festivo de paz

    ResponderExcluir
  5. EdmiltonSantanaSantosquarta-feira, janeiro 04, 2012

    Yolanda, parabéns por este espaço tão aconchegante e prazeroso. Indicado por Amélia Soares, tive a oportunidade de ler o PPS de o Homem da Rosa, lindíssimo, bem como "De Volta pra Casa", também muito lindo. Parabéns pra vocês.
    Desejo um ano repleto de realizações e prosperidades!
    Edmilton Santana

    ResponderExcluir
  6. Yolanda:

    Assim como o perfume da rosa, a vida é um "momento infinito".

    Infinito porque enquanto existirem lembranças de seu perfume ela existirá ainda que suas pétalas e demais componentes percam a cor e a vida.

    A existência da rosa se confunde muito com a dos serem humanos como sugere o escritor Carlos Costa (é uma honra ser contemporâneo desta alma sensível). Contudo, para a rosa há um privilégio ímpar, ela deve ser comparada muito mais com as mulheres. Os homens, em regra, são frios, quase sempre calculistas e difíceis em reconhecer o belo em pequenos universos. Abaixo dos terminais de inserção das sépalas, pétalas e estames, a rosa guarda algo infinitamente generoso, seu ovário.

    Laboratórios ingleses e soviéticos guardam fósseis de rosas que existiram há 35 milhões de anos. Perderam a cor e a vida, mas ainda estão lá insistindo em não serem ignoradas. Todavia, e o perfume delas?

    Um dia, Yolandas e Carlos, espalhados pelo mundo, perderão a cor e a vida. Se, em 35 milhões de anos depois, seus fósseis forem encontrados, saberão que eles existiram. Mas, somente aqueles que puderam estar com eles lendo e absorvendo suas culturas, conhecimentos e sensibilidade, levaram consigo aquele "momento infinito". Infinito como o perfume da rosa.

    ***

    Querido Carlinhos, este comentário inspirado no livro de Mranzã Singom, "Conversando com o Mestre", capítulo MOMENTOS INFINITOS - foi a maneira que encontrei para dizer o quanto sua encarnação é importante para todos os teus leitores e amigos, entre os quais me escalo. Shalom, Adonai.

    ResponderExcluir
  7. lindo. parabens.que DEUS conserve esta serenidade em seu coraçao..
    todos os dias agradeco a DEUS por me fazer feliz com estas msgms tao maravilhosas;a cada dia e um novo presente para min.beijos e que DEUS te abençoe...

    ResponderExcluir
  8. Emocionante em todos os sentidos! Parabéns Yolanda por compartilhar; Parabéns Amélia Soares pela generosa formatação; Parabéns Carlos Costa pela criação... pela superação... pela força viva que emana do seu coração... Bravo!!!

    ResponderExcluir
  9. Oi, Yolanda!

    Não consegui visualizar o PPS (ainda),mas vou continuar tentando.
    O texto está excelente, e me atiçou a curiosidade para conhecer O Homem da Rosa, de Carlos Costa.

    Aproveito o ensejo,pois ainda é tempo, para desejar-lhe um venturoso ano novo.

    Paz e Bem!
    Socorro Melo

    ResponderExcluir
  10. Ficou ótima a formatação, assim como a sua apresentação do escritor. Ambos estão de parabéns! Obrigado mais uma vez por compartilhar conosco. Abração!

    ResponderExcluir
  11. Querida amiga! Já fazia um tempinho que a gente não se falava...Fiquei tão feliz quando vi teu comentário! Seja sempre muito bem-vinda! Blog perfumado, florido e poético! Já estava sentindo falta da tua presença iluminada! Um 2012 iluminado e cheio de bênçãos p/vc e sua família! Grande bjo no coração!
    Elaine Averbuch Neves
    http://elaine-dedentroprafora.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  12. Obrigada pelo comentário! Tua visita ao meu blog é sempre um prazer! Bjo no coração! Ótimo domingo!
    Elaine Averbuch Neves
    http://elaine-dedentroprafora.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  13. @Carlos Lopes
    Obrigada pelo prestígio, Carlos! Gostei muito do resultado final, também. Todos nós contribuímos para que O Homem da Rosa pudesse criar movimento no belo trabalho formatado por Amélia Soares.
    Meu abraço,
    Yolanda

    ResponderExcluir
  14. @Amélia Soares
    Sou eu que agradeço a generosidade em atender ao meu pedido para formatar tão lindamente esta apresentação, que abrilhantou ainda mais a obra de Carlos Costa.
    Meu carinho,
    Yolanda

    ResponderExcluir
  15. @Carlos Costa
    Um livro merecedor do prêmio, sem dúvida! Fico feliz, também, pela oportunidade de ter conhecido um escritor tão carismático e que nos proporciona maravilhas.
    Meu forte abraço,
    Yolanda

    ResponderExcluir
  16. @Orvalho do Céu
    Fico feliz com sua presença neste meu singelo espaço. Obrigada pelo prestígio.
    As flores embelezam a vida...
    Meu carinho,
    Yolanda

    ResponderExcluir
  17. @EdmiltonSantanaSantos
    Agradeço a presença e as palavras gentis. Fico feliz que tenha levado algo de bom para você! Sua visita será sempre bem-vinda.
    Abraços,
    Yolanda

    ResponderExcluir
  18. @SO1CLICK.COM
    Agradeço sua visita ao PONTO DO POWER POINT.
    Durante o processo de preparação desta minha postagem, tive a oportunidade e a alegria de conhecer pessoas maravilhosas, principalmente quando da publicação do PPS O Homem da Rosa, começando pelo carismático autor do livro, sua neta sobrinha que selecionou os fragmentos para a apresentação, os amigos que acompanham o trabalho do autor e os amazonenses que têm manifestado respeito e prestígio pelas crônicas do amigo em comum, Carlos Costa.

    Linda a sua mensagem!

    Shalom!
    Yolanda

    ResponderExcluir
  19. @candida
    Que palavras doces! Minha maior alegria é quando as mensagens que aqui publico transmitem serenidade aos meus leitores. Obrigada pelo carinho da presença.
    Meu afetuoso abraço,
    Yolanda

    ResponderExcluir
  20. @LUCIMAR WEIL
    Pura emoção, de fato! Constato o carinho dos amazonenses, que têm registrado sua presença neste meu espaço, pelo escritor e jornalista Carlos Costa. Obrigada pelas palavras.
    Meu abraço,
    Yolanda

    ResponderExcluir
  21. @Socorro Melo
    Sua presença sempre é uma alegria! Visualize a apresentação e se encantará!
    Feliz 2012 para você, também!
    Meu carinho,
    Yolanda

    ResponderExcluir
  22. @Cidadão Araçatuba
    Sou eu que agradeço sua agradável presença, amigo Paulo.
    Estou feliz por ter iniciado 2012 com tão bela apresentação, o que me faz querer continuar...
    Abraços,
    Yolanda

    ResponderExcluir
  23. @ELAINE
    Sua presença também me alegra neste início de ano.
    Que possamos trocar belas mensagens durante os dias que se seguem, sempre com muita luz!
    Meu carinho,
    Yolanda

    ResponderExcluir
  24. Ôi! Tô aqui p/te desejar um ótimo início de semana e também te convido p/ver o post de hoje,09/01, é muito importante, pois estou participando de uma campanha e te convido a participar se quiseres! Bjão!
    Elaine Averbuch Neves
    http://elaine-dedentroprafora.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  25. A todos os que leram frases de meu livro O HOMEM DA ROSA, lançado em 1997 e indicado ao prêmio Jabuti de 1988, meus mais sinceros agradecimentos. Hoje, em Manaus, luto desesperadamente para curar-me de duas bactérias hospitalares que entraram em meu cérebro sem que eu lhes desse permissão para isso. Agradeço muito o carinho e os comentários deixados aqui e saibam, cada um dos comentários emocionou-me de um modo diferente e, nenhum em particular, farei destaques para não mal compreendido pela manifestação de tanto carinho, afeto e amor. Estou e me mantenho vivo graças as orações que estou recebendo e o amor da minha rosa. Estou vivendo meu momento de espinhos; mas, agredecido a Deus ficarei quando senti de novo o verdadeiro perfume de minha rosa, que trago dentro de meu coração. Beijo a todos,

    ResponderExcluir
  26. Aos que estiverem interessados em ler toda a obra, ela está disponibilizada no google para o acesso de todos, mas também posso envaiar a todos os que desejarem em formado PDF, pois não estou conseguindo fazer uma segunda edição do O HOMEM DA ROSA, embora muitos reconhecimento e prazer já me tenha sido proporcionado. Meu e-mail pessoal é carlos_bezerra47@hotmail.com
    para qualquer dos leitores que comentaram e desejem tomar conhecimento de todo o meu livro.

    ResponderExcluir
  27. Olá!!!!
    Faço minhas as palavras pontos e virgulas da Iolanda, também acrescento o que está meio subentendido sobre a rosa ser essencialmente feminina, mas ela é um simbolo da criação e acredito que todos os seres humanos tem dentro de si o femino e o masculino, apenas em alguns desenvevolveu-se mais um ladoe como diz muito ALGUNS SABIOS ESCRITORES, Deus tem que ser menino e menina E PORISSO ACREDITO QUE A ROSA É O SIMBOLO DE DEUS! Muito legal esta reflexão agora de manhã, é tudo o que eu precisava para começar bem o meu dia!Obrigada Carlinos e Iolanda!B jos em seus corações iluminados.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Maria, é uma satisfação sua visita!
      Concordo com você sobre a rosa ser um símbolo divino. É magnífica...
      E Carlos Costa, o autor de O Homem da Rosa, foi muito feliz na explicação sobre as várias fases da vida, relacionando-as com as pétalas dessa linda flor.
      Fico contente que a leitura desta postagem tenha sido inspiração para um bom dia...
      Meu forte abraço,
      Yolanda

      Excluir