Jardins Eternos

O coração é um jardim, onde nada além da “rosa do amor” deve ser plantado.
No início de setembro sempre preparo meu jardim para a chegada da Primavera. Aparo a grama, faço as podas necessárias nas plantas que cultivo, troco algum vaso se necessário for. Planto novas mudas e enfeito a casa com flores – seis lindas rosas vermelhas já estão no vaso da sala...

O jardim é algo terreno, contudo é onde acontece minha aproximação com o divino... Tenho necessidade de estar em contato com a Natureza, pela paz que ela me proporciona.

A vida é breve e o mundo incerto... É preciso sair da rotina atribulada pelos afazeres imediatos, a fim de que sobre tempo para cuidar das questões do espírito.

E você? O que plantou no seu jardim?

Melhor visualização na tela inteira (full screen)
Formatação: um_peregrino@hotmail.com
Tema musical: Carino, Chris Spheeris

6 comentários:

  1. Amiga, olha eu aqui!
    Seria injusto entrar no seu blogue,usufruir das maravilhosas mensagens e nao deixar nenhuma palavra para expressar como nos anima em ler e ver suas mensagens positivas.
    Gostei muito de Jardins Eternos.
    Um abraco da amiga Meiri

    ResponderExcluir
  2. Agradeço o carinho da visita, amiga Meiri.
    As mensagens que aqui publico são recebidas de amigos como você...
    Um forte abraço,
    Yolanda

    ResponderExcluir
  3. Yolanda, eu tambem sinto necessidade de ter contato, especialmente visual. É interessante que todo dia que vou para o trabalho, faço questao, nem que fique de pé, de ficar do lado da janela que se ve o mar! Alias, sempre fiz isso.

    beijos

    ResponderExcluir
  4. Sissy, amiga fadinha, obrigada pela agradável visita.
    Estou em constante simbiose com a Natureza... Morreria se não pudesse ter meu jardim e minhas plantas...
    Mais do que isso, é para mim uma terapia e acredito até na minha elevação espiritual.
    Beijos para você, também.
    Yolanda

    ResponderExcluir
  5. Yolanda,
    que lindo! Rosas são flores suaves!
    Também adoro o contato com a natureza, mas ultimamente estou afastada por motivos que não dependem de mim. Uma das coisas mais deliciosas é sentar em meu banquinho e revirar a terra com meu rastelinho, afofar a terra, colocar adubo e ver o resultado nas pétalas de minhas rosas.
    Bjs

    ResponderExcluir
  6. Fico feliz com sua visita, amiga Telma!
    O contato com a terra é relaxante, sem dúvida.
    Mesmo que esteja impossibilitada de ter o teu jardim, cultive uma pequena plantinha num vaso pequenino... A cada dia poderá apreciar uma nova folha, um botão desabrochar...
    Meu carinho,
    Yolanda

    ResponderExcluir