Costa Mediterrânea através dos pincéis

Café na Riviera

O Mar Mediterrâneo, conhecido como Mar Grande, está localizado no Mar do Atlântico oriental, compreendido entre a Europa meridional, a Ásia ocidental e a África setentrional.  Tem o comprimento de 2,5 milhões de km e uma profundidade de 5,121m.

É o maior mar continental do mundo. Suas águas geralmente são quentes, devido ao calor do Deserto do Saara, aquecendo todo o sul da Europa. O clima da região mediterrânea é caracterizado por verões quentes e secos e invernos amenos, com chuva.

Encontrei quatro graciosas apresentações no Saber Cultural e publico a primeira da série, onde não há menção dos artistas que pintaram os quadros. Contudo, pesquisando, encontrei a maioria das imagens no Oil Paints Gallery.com, de pintores diversos.
As pinturas captam a beleza dos países do sul da Europa, como Itália, França e Grécia. Das ilhas no mar Mediterrâneo para as aldeias no litoral, do nascer ao pôr do sol, refletidos nas águas do Mediterrâneo, mostrando as cores da costa, bem como seus estilos de vida.

Em cada tela, embalada pela romântica música italiana, alcei voo e me vi apreciando a Costa Mediterrânea... Experimente!

 
Melhor visualização na tela inteira (full screen)
Rolagem manual dos slides
 Fundo musical: La Lontananza - Domenico Modugno
Pesquisa e Produção: Mario Capelluto e Ana Bela de Araújo 
Formatação: Ana Bela de Araújo
As outras séries você pode encontrar, clicando na figura:

 
Fundo musical:
Slide II
 Io Che Amo Solo Te, Sergio Endrigo
Slide III
 Una Casa in Cima al Mondo, V. Pallavini e Pino Donaggio
Intérprete: Claudio Villa
Slide IV
La Lontananza - Domenico Modugno

Nota do autor deste blogue: Esta postagem foi publicada no Ocioso. Confira no link!
http://www.ocioso.com.br/index.php?busca=Costa%20Mediterr%E2nea%20atrav%E9s%20dos%20pinc%E9is

Abra seu coração

 Texto gentilmente autorizado por Ricardo Junior, para publicação neste blogue. 


Abra seu coração

Você faz ideia de como a sua vida está mudada? Você tem consciência que vive um momento rico, importante e intenso?

É porque na verdade, estamos presenciando um momento de transformação em todos os campos, principalmente no campo da informação. E o ritmo de mudança em nossa vida tem sido muito acelerado.

Estamos avançando velozmente para uma nova era de percepção e consciência e não nos damos conta disso.

Nada tem ficado fora dessa transformação. Ninguém sabe o que irá acontecer de um dia para outro. Como é que você está reagindo a estes tempos de mudanças cada vez mais rápidas?

Está se agarrando ao passado, ou acompanhando o fluxo das mudanças? Onde estão depositadas suas esperanças?

E apesar de todos os desencontros, de todos os obstáculos, das dificuldades... Apesar das portas fechadas, e que as vezes estão aparentemente fechadas, ainda sim é preciso manter a esperança que vive em você!

A esperança que amanhece com você e percorre o dia todo e se fortalece com as horas.

E quando estiver com os pensamentos confusos e com as ideias não muito claras, não desista! Quando seu caminho estiver tortuoso e sentir que suas chances estão diminuídas, lembre- se da esperança que deve ter sempre.

Esperança é a certeza de que algo de bom vai acontecer. É a confiança que tudo vai dar certo!

Lembre-se sempre que a esperança move a sua vida, faz você andar pra frente, faz você se sentir gente! E gente importante! Por isso que é bom perguntar todos os dias quais são seus projetos de vida.

Por que e por quem você tem lutado tanto? Abra o seu coração e abra mais a sua mente! Acolha as pessoas em sua vida! Deixe a fé brotar em sua vida. Tenha fé na vida, em você! Tenha fé em Deus! Tenha fé em realizações grandiosas.

E pare de ter sonhos vagos e esperanças pequenas!

Desejo que você nunca desista, porque enquanto houver a esperança, nenhum sonho está perdido! Nenhum!


Creation Calls, de Brian Doerksen
 

Com imagens da Série Planeta Terra BBC, é possível admirar a majestosa e deslumbrante obra-prima do Criador... O vídeo foi usado em conjunto com a série de mensagens Blueprint, de Chris Seidman. Na série, ele discute o tema do plano de Deus para Sua criação. 

Desejo a você uma Santa Páscoa! 

Disco de Vinil


O formatador de slides Luiz Uchida é um saudosista ao extremo e criou algumas apresentações muito interessantes sobre as músicas dos anos 70.

Nesta, em especial, surpreendi-me com as revelações de cantores que eu pensei fossem estrangeiros. Na década de 70, os cantores e conjuntos brasileiros que quisessem vender disco tinham que cantar e gravar em inglês.


A apresentação fala por si só.  Vale conferir!

Melhor visualização na tela inteira (full screen)
Rolagem manual dos slides

Formatação: Luiz Uchida 
Fundo musical: Músicas dos Anos 70

Veja ainda:
O disco, conhecido também como disco de vinil ou apenas vinil (após a criação do CD), é uma mídia desenvolvida no início da década de 1950 para a reprodução musical, que usava um material plástico chamado vinil. (Wikipédia)

O poder energético da voz


Mais do que um simples meio de comunicação, a voz é um termômetro da emoção que estamos vivendo e, por isso, é um reflexo do nosso tempo.(Revista Desfile e Saúde)
Ouça o poema Certeza, de Fernando Pessoa, na voz do locutor Marcelo Zammarian, que gentilmente gravou para esta ocasião, quando é comemorado o Dia da Voz, em 16 de abril.

video

Nos anos anteriores, publiquei Tua Voz, por Valdezz  e Nunca te detenhas, de Madre Teresa de Calcutá. Vale conferir, também.

As várias faces de uma obra de Arte

Homenagem aos Formatadores
Foto do blogue de Valquiria Cordeiro, que publicou um gracioso poema dedicado aos formatadores
Inicio aqui um novo espaço, onde quero prestigiar os formatadores de PPS e vídeos que, ao longo do tempo, têm sido fonte de inspiração para a manutenção deste singelo blogue.

Meu propósito é apresentá-los a você, querido visitante, com um breve comentário sobre as razões que os levaram a dedicar parte de seu tempo transformando textos em bálsamos – são belas e sábias mensagens selecionadas a dedo e que, acrescidas do toque visual e artístico, as palavras ganham vida e movimento.

Já recebi o de acordo de alguns amigos formatadores para participar desta ideia, e inauguro a seção com o excepcional texto da escritora Fátima Irene Pinto, lindamente formatado por ZzCouto, uma das futuras homenageadas que estarão participando desta proposta.  

Os escritos da poetiza Fátima Irene são uma linda homenagem aos formatadores. Ela reconhece que, em tempos de literatura cibernética, os escritores, poetas e filósofos não seriam nada, não fora pela obra artística paralela dos que sabem sentir e interpretar um texto.

Melhor visualização na tela inteira
 Formatação: ZzCouto Slides
Fundo musical: If you really love a woman, Brian Adams

Em breve farei a apresentação da primeira convidada, a simpática formatadora Vani C. Couto. Aguarde!

Tulipas do Coração


Tulipa é minha flor preferida desde a infância, quando aprendi a fazer origami e um dos ensaios foi essa linda flor. Na escola, ensinei meus alunos a utilizarem um pedaço de papel quadrado e colorido, dobrando no meio em forma triangular, com as duas laterais superiores viradas para  cima, colado a um canudinho verde – estava pronto - as crianças repetiam as cores em inglês.


As tulipas são originárias da Turquia e não da Holanda, como o senso comum leva a imaginar. Foram levadas para os Países Baixos em 1560 pelo botânico Conrad Von Gesner. O nome da flor foi inspirado na palavra turco-otomana tülbend, posteriormente afrancesada para tulipe, que originalmente significa turbante, considerando a forma da flor invertida. (Wikipédia)

A tulipa é um dos símbolos da Holanda, maior cultivador do mundo. As cores e padrões formados pelos imensos campos, medindo até 10 mil hectares, são espetaculares e, vistos do alto, parecem até pinturas. Os maiores campos de tulipas na Holanda podem ser encontrados em Keukenhof, o maior jardim de flores do mundo situado nos Países Baixos, aberto anualmente desde a última semana de março até meados de maio, e o melhor período para ver as tulipas é em meados de abril. 
Torre do Parlamento do Canadá
 
Desde 1945, como uma dívida e reconhecimento com o Canadá, que abrigou a família da atual Rainha dos Países Baixos, Beatriz Guilhermina Armgard, durante a ocupação holandesa pelos alemães, todos os anos o governo da Holanda envia milhares de bulbos de tulipas para a capital canadense, daí o nome de Tulipas do Coração, que se tornou o símbolo de amizade entre Canadá e Holanda. Esta concessão anual transforma Ottawa, em todas as primaveras, em um imenso jardim de tulipas, atraindo milhares de visitas. 


Aprecie a apresentação que mostra o cultivo de tulipas multicoloridas, formando um verdadeiro arco-íris!


Formatação: Dinisha
Fundo musical : Tulpen Uit Amsterdam

Encerrando ciclos


Sempre é preciso saber quando uma etapa chega ao final. Se insistirmos em permanecer nela mais do que o tempo necessário, perdemos a alegria e o sentido das outras etapas que precisamos viver.
Gloria Hurtado, psicóloga e colunista colombiana, publicou “Cerrando Ciclos” no Jornal El Pais de Cali, de 21 de janeiro de 2003.

Segundo Pati Rabelo, do blogue Bem Resolvida, “Encerrando Ciclos” teve a versão original adaptada por Paulo Coelho e publicada no Jornal O Globo. 

No Paulo Coelho Blog’s, o escritor diz que não conseguiu comprovar o autor deste texto, que circula na internet como se ele o tivesse escrito e, por isso, resolveu transcrevê-lo com modificações que fez.
No Pensador, também encontrei o mesmo texto como sendo de Fernando Pessoa.
Favorável que sou em reconhecer e creditar o direito autoral a quem pertence, em minha pesquisa encontrei o texto original e que você pode ler no site Nuestra Edad.

Publico o texto de autoria de Gloria Hurtado, traduzido para o português, nesta bela apresentação formatada por Maria Helena.

Trata-se da importância de encerrar ciclos, aceitar o fim das coisas e recomeçar. Um ótimo texto de otimismo e reflexão!

Melhor visualização na tela inteira (full screen)

Formatação: Maria Helena
Fundo musical: Emmanuelle’s Theme, Ernesto Cortàzar

Natureza, dona da Arte


Existem momentos do dia em que é preciso um pouco de silêncio para relaxar. Mesmo assim, a mente não pára e os pensamentos afloram, ou os ruídos externos nos tiram o sossego e a concentração para meditar.

O melhor, então, é ouvir uma música que nos inspire a alma, acompanhada de imagens da natureza que nos transportem para um lugar distante e sereno, onde possamos encontrar a paz tão necessária para nos revigorar...

Prepare-se! Acomode-se num lugar confortável, ligue o som, apague a luz, deixando só o monitor ligado e relaxe... Experimente!

Melhor visualização na tela inteira (full screen)
Fundo musical: Relaxation, Enya

No momento em que olhas além dos rótulos mentais, sentes a dimensão inefável da natureza, que não pode ser compreendida pelo pensamento. A natureza pode levar-te à quietude. Este é o presente dela para ti.” - fragmento do texto de Eckhart Tolle, na publicação “A Natureza”.

Ainda, sobre a Mãe Natureza, outra apresentação muito bonita que publiquei: “Nada é mais belo que a Natureza”, que aborda a magnífica diversidade da flora e da fauna – o som é belissimo.

A Onda


Com a tragédia do último dia 11 de março, que causou comoção no mundo inteiro, tenho refletido muito sobre o comportamento humano.

Cada um em sua zona de conforto, fazendo mil planos para um futuro incerto e duvidoso... Construindo fortunas, castelos; adquirindo bens de consumo rápido e supérfluo. Dedicando parte de seu tempo com conversas que não passam do verniz; preocupado com o número de amigos que consegue atrair para se tornar popular - o ego é só o que importa.  

Mas, basta uma fração de segundos e tudo se acaba, pois viver é dançar na corda do inesperado...

O texto desta apresentação nos faz refletir sobre a importância de sair da letargia e despertar. Aprecie!

Este mundo é impermanente. É como o reflexo da lua na água. Todas nossas realizações serão devastadas pelos ventos da mudança." (Buda)

Melhor visualização na tela inteira (full screen)
Fundo musical: Kokou, Hana Yori Dango