Bosque talhado

Numa pequena aldeia em Marysville, Victoria, sudeste da Austrália o escultor e pintor Bruno Torfs  mantém um mundo mágico há 25 anos, contribuindo com seu trabalho de combinar a beleza da arte com a beleza da natureza ao seu redor. Nascido na América do Sul, aos 15 anos sua família mudou-se para Europa em busca de novas viagens e oportunidades.


Após vários anos, Bruno e sua família decidem ir para a Austrália para criar um jardim com esculturas que pudesse ser uma atração permanente. Depois de encontrar o local ideal, na pequena aldeia de Marysville, abriu o parque ao público, começando com apenas 15 esculturas e chegou a ter mais de 150.


Fundo musical: Nachtegaal Serenade

Em 07 de fevereiro de 2009, um incêndio na pitoresca cidade de Marysville destruiu boa parte de seus trabalhos e do jardim de esculturas.  No vídeo abaixo, você pode apreciar o Jardim de Esculturas, antes do incêndio.

Bruno preferiu ficar em Marysville para reconstruir sua casa e restaurar os jardins. Sua paixão em compartilhar seu amor pela arte e a história de vida com o mundo não foi danificado pelo fogo, na verdade, pode-se dizer que foi obtido novamente pelas chamas que quase levaram tudo.

5 comentários:

  1. Olá amiga,como sou movido pela curiosidade em descobrir as mais diversas formas de arte eu já conhecia essas belezas de esculturas só desconhecia a história desse artista que mesmo depois do acontecido não desistiu de sua arte e nem abandonou o local,decidiu reconstruir tudo,obrigado por compartilhar conosco uma história de persistência e emoção!!!
    beijos!!

    ResponderExcluir
  2. Muito lindo Yolanda, diferente do Mauro eu não conhecia e gostei muito de conhecer o PP ficou ótimo e o video mostra muito bem o talento desta familia. É uma pena que parte disso tenha sido destruida neste incendio que mencionou, mas também, em consequência, fica o exemplo de perseverança do artista ao permanecer para refazer o que havia sido destruído.
    Um GRANDE abraço,

    ResponderExcluir
  3. Yolanda, minha amga querida, você tem uma sensibilidade especial em descobrir coisas bonitas de se ver. Esse bosque é um jardim encantado. Fez-me lembrar das histórias infantis que minha mãe lia naqueles livros encantados... Faz tempo viu!
    Bjs
    Telma

    ResponderExcluir
  4. Olá Amiga Yolanda, o cara é um gênio! Quanta sensibilidade e o piano ao fundo no meio da floresta, genial!
    Grande Abraço!

    PS Falo essa semana sobre plágio, quando der, dê uma passadinha no cidadão!

    ResponderExcluir
  5. Amei estas imagens neste encantada aldeia.Muito lindo Yolanda.Parabens pela postagem.Um abraço terno de toda paz e luz.

    ResponderExcluir