Um jeito diferente de olhar o Salmo 23


Dedico esta postagem àqueles que estão sofrendo pela perda de seus entes queridos na triste tragédia ocorrida no Rio de Janeiro.


Nos noticiários não se fala de outra coisa, nem poderia... Imagens tristes, depoimentos comoventes, reportagens emocionadas, famílias desesperadas, que mesmo desoladas e sem chão, e que ficaram sem nada, não perderam a sua fé.

Solidariedade, consternação, apoio moral e material, doação de sangue, ajuda no resgate de crianças, idosos e pessoas convalescentes. Tudo tem sido feito pelos corajosos bombeiros e voluntários, gente do povo, desse povo brasileiro maravilhoso!

Somente depois de três dias é que a Força Nacional entrou em ação – se é que entrou, porque em atividade a televisão não mostrou - apenas apareceram, atrás do oficial dando a entrevista, carros “tinindo” de tão limpos e helicópteros estacionados no hangar da área militar. A explicação pela demora por causa da burocracia foi tão absurda quanto à ineficácia das autoridades locais (previamente alertadas) em retirar as famílias das regiões de risco... Pobre país, tão desgovernado...
Certamente que a bondade e a misericórdia me seguirão todos os dias de minha vida. Isto é benção!
Adaptação para flash: Yolanda
Fundo musical: Don’t u, Era

11 comentários:

  1. Oi Yolanda, realmente triste situação...mas, para tudo há solução, o que não pode ser perdida é a esperança....
    abs

    ResponderExcluir
  2. Saudações!
    Amiga Yolanda:
    Mais um lindo post com conteúdo você construiu. Infelizmente os desastres acontecem. Agora nesse caso, as autoridades sabiam antecipadamente da vulnerabilidade da região e mais uma vez trataram com descaso o cidadão de bem, o que é lamentável e triste. Que as esperanças benfeitoras se façam presentes nos lares de todas as vítimas.
    Parabéns por mais um magnífico Post!
    Abraços fraternos,
    LISON.

    ResponderExcluir
  3. Muito legal Yolnda, são coisas que em alguns casos podem ser evitados e em outros não.
    Abraços forte

    ResponderExcluir
  4. Fico feliz com sua presença, amiga Ana Lúcia.
    Concordo com você que a esperança deve ser a razão para continuar.
    Resta-nos orar...
    Meu afetuoso abraço,
    Yolanda

    ResponderExcluir
  5. Amigo Príncipe, que bom ver você neste espaço!
    Tragédias acontecem e são inevitáveis, mas podem ser amenizadas se houver boa vontade.
    Infelizmente, não é o que vejo acontecer com nossas autoridades.
    O Brasil é a grandeza que é pelo povo que tem, solidário e generoso, menos pelos governantes que aqui passam.
    Posso parecer incredula, mas não, é minha perplexidade ante tanta falta de comando...
    Meu forte abraço,
    Yolanda

    ResponderExcluir
  6. Fico sempre lisonjeada com sua presença aqui, amigo Lison.
    Comentei na resposta ao Príncipe que o Brasil é o que é pelo seu povo, solidário e generoso, menos pelos governantes que aqui passam.
    Fico entristecida com os últimos acontecimentos e, por esses dias, uma comoção geral tomou conta deste nosso querido país.
    Oro para que Deus ilumine aqueles que, verdadeiramente, estão sofrendo pela perda de seus entes queridos...
    Meu grande abraço,
    Yolanda

    ResponderExcluir
  7. oi,

    Olha, sinto uma dor grande em ver o que acontece, pessoas eprdendo familia inteiras...
    Nossa, devem sentir estarem vivendo num pesadelo.
    Mas que não percam a fé. Pelo menos quanod tudo estiver melhor, que CREIAM.

    ResponderExcluir
  8. Yolanda,
    infelismente nosso país tem governantes que acham que não serem necessarias medidas preventivas.
    Espero que um dia a gente não ouça mais falar em tantas mortes por causas destas tragédias.
    Ainda bem que o nosso povo é extremamente solidário e sempre vai a luta para ajudar.
    Como vi num jornal ontem, uma senhora dizendo que ela não estava ajudando não, estava simplesmente repartindo o pouco que tinha. Mas são estes poucos que fazem a grande diferença!

    bjus

    ResponderExcluir
  9. Agradeço a presença, amigo do O Bem Viver.
    Avalio também a dor dessas pessoas atingidas pelas últimas chuvas. Muito triste, mesmo.
    Tem razão, quando afirma que não se deve perder a fé. Deus há de confortá-las...
    Meu abraço,
    Yolanda

    ResponderExcluir
  10. Lamentavelmente, nosso país está despreparado para uma catástrofe dessa natureza.
    Os bombeiros são os heróis, juntamente com tantos voluntários que se esforçam para minimizar a situação trágica.
    As últimas notícias é que as doações estavam a céu aberto, aguardando a lentidão das autoridades. Quanta burocracia e falta de comando!

    ResponderExcluir
  11. Yolanda, que maravilhosa essa interpretação do Salmo 23; em minha opinião um dos mais belos do Livro de Salmos. Lindo também é verificar que vc o dedica às pessoas que sofrem grandemente, em virtude da tragédia ocorrida na região serrana do Rio de Janeiro. Somente o Senhor poderá dar o devido conforto àqueles que perderam seus entes queridos. Parabéns, minha queridíssima amiga.
    Um grande beijo!

    ResponderExcluir