Minhas filosofias favoritas


Esta breve existência terrena é uma ponte, não construas nela a sua morada, atravesse-a somente.

A escolha desta apresentação, além das belas imagens e frases sábias em cada slide, foi por causa do fundo musical “Once Upon a Time in the West”, tema do filme “Era uma vez no Oeste” (1968), estrelado por Henry Fonda, Charles Bronson, Claudia Cardinale e Jason Robards, dirigido por Sergio Leone.

No Cine Repórter você encontra a sinopse e crítica deste belíssimo longa-metragem.

É uma feliz lembrança de meu pai, que adorava os filmes de “faoreste”. Este, em especial, emociona-me toda vez que o vejo, embalada pela música, pela saudade do pai querido e pela atuação excepcional dos atores consagrados...

Formatação original: Procurando autoria
Adaptação para flash: Yolanda
Fundo musical: Once upon a Time in West, Enio Morricone

8 comentários:

  1. Yolanda,
    Adorei a apresentação. Você diz que seu pai adorava filmes de faroeste? O meu pai também. Lembro bem de quando eu era criança e adolescente e ele lá, sentado na frente da televisão em branco e preto, assistindo "Bonanza". Ele dizia: Hoje vai passar um "firmão".
    Bjs
    Telma

    ResponderExcluir
  2. Obrigada pelo carinho da visita, amiga Telma!
    Ah... é uma lembrança muito boa de meu pai e seus filmes favoritos...
    Você deve imaginar o reboliço que causava, quando tínhamos que participar da programação em família, pois havia apenas um aparelho de TV em casa, e minha avó adorava programas de auditório...
    Recordar é viver, sempre!
    Meu afetuoso abraço,
    Yolanda

    ResponderExcluir
  3. Muito boa sua postagem, recordar é viver, e principalmente para quem viveu de verdade, simplesmente maravilhoso nota 10 Yolanda. Linda mesmo a mensagem.
    Abraços forte

    ResponderExcluir
  4. Oi, amigo Principe Encantado.
    Estamos em sintonia, pois acabo de responder ao comentário da amiga Telma e usei a expressão Recordar é viver...
    É uma lembrança gostosa de minha adolescência...
    Obrigada pelo prestígio.
    Meu afetuoso abraço,
    Yolanda

    ResponderExcluir
  5. Olá querida Yolanda!
    Eu adoro filmes e quase sempre aprendo lições valiosas com eles! Não sou muito fã desse estilo (faroeste), mas tenho certeza que , assim como os outros estilos, oferece grandes mensagens. Para você agora, oferece maravilhosas lembranças...essa é a grande mágica dessa arte!
    Grande beijo,
    Jackie

    ResponderExcluir
  6. Amiga escritora Jackie,
    Fico muito feliz com sua presença por aqui.
    Espero que você já tenha se acomodado na nova casa e que tenha muitas alegrias com sua família nesse seu novo lar...
    O gênero faroeste também não é minha preferência, salvo raríssimas exceções como este longa.
    A mágica do cinema é como você descreveu bem: oferece maravilhosas lembranças...
    Meu carinhoso abraço,
    Yolanda

    ResponderExcluir
  7. Que Post Fantástico!
    Amiga YOLANDA:
    A sensibilidade e o extremo bom gosto que você teve para nos presentear o presente Post, é extremamente maravilhosa. A música então nem se fala, afora o manancial de conceitos sobre a vida que nos brindam com lições sábias.
    Favoritei e vou assistir o slideshow num outro momento quando estiver mais receptivo.
    Parabéns por mais um magnífico Post!
    Abraços fraternos,
    LISON.

    ResponderExcluir
  8. Agradeço o carinho das palavras, amigo Lison, cidadão de Nhamundá...
    A música de Morricone é um bálsamo para a alma e os pensamentos são simples e sábios, de fato.
    Sempre é uma alegria imensa tê-lo por aqui.
    Meu afetuoso abraço,
    Yolanda

    ResponderExcluir