Paciência



O mundo vai girando cada vez mais veloz. A gente espera do mundo e o mundo espera de nós um pouco mais de paciência...

No ano passado, na minha postagem Através do Caminho eu sugeri que esta época seria um bom momento para refletir e avaliar sobre o que aconteceu durante o ano; o quanto você cresceu ou deixou de crescer; o que você poderia mudar para que as coisas também mudassem, pois esse era o custo de viver.

Para mim, neste ano, o mundo girou depressa demais e, num piscar de olhos, já é dezembro outra vez...  Minha casa já está enfeitada e iluminada, meu jardim coberto de flores... Posso dizer que tive muito mais alegrias que dissabores, o que planejei aconteceu quase que em plenitude. Meus familiares estão bem, minha saúde controlada, minhas contas pagas...  

Lá fora o mundo continua a girar rápido; as pessoas estão cada vez mais com menos tempo, administrando o estresse de chegar a algum lugar, que eu ainda não sei onde é; procuram por algo que não sabem exatamente o que querem; giram em círculos e não saem do mesmo lugar... Para que, para onde e por quê?  

Talvez seja melhor ter mesmo um pouco de paciência, porque a vida não pára...

O importante não é o que acontece, mas, como você reage. Você cresce... Quando não perde a esperança, nem diminui a vontade, nem perde a fé.

Comece, então, a partir de hoje, o exercício de imaginar as mudanças em sua vida que só você pode realizar...


letras de músicas no letras.com.br

22 comentários:

  1. Nossas reações sempre demonstrarão se estamos prontos para seguir em frente, pois ser tolerante é um aprendizado muito importante, melhor tolerar que reagir.
    Abraços forte

    ResponderExcluir
  2. Olá querida !!!

    Lindo e inspirador seu texto !!
    Neste mundo cada vez mais frenético acabamos por nos deixar levar pela correria e acabamos agindo assim também internamente, querendo tudo rápido, sem paciência para apreciar os passos do caminho ou para seguir serenamente até a conquista de um objetivo...
    Muito boa a sua mensagem para refletirmos !!

    Um enorme beijo !

    ResponderExcluir
  3. Obrigada pelo carinho da visita, amigo Príncipe.
    Sempre digo que nossas ações são consequência para nós mesmos.
    Tem razão quando diz que é melhor a tolerância do que uma reação impensada...
    Meu afetuoso abraço,
    Yolanda

    ResponderExcluir
  4. É uma alegria sua presença, amiga Sam!
    Esse frenêsi que toma conta do dia-a-dia já me deixou ansiosa.
    Por isso, hoje levo a vida mais calma, mesmo sabendo que a vida não pára...
    Vejo muitos andarem numa possante Ferrari, enquanto sigo com meu velho fusquinha. Ambos teremos que parar nos cruzamentos, quando o farol estiver vermelho...
    Meu carinho,
    Yolanda

    ResponderExcluir
  5. Muito bonito o texto e realmente inspirador. É preciso não se deixar levar pela "correnteza da vida" para não perder o controle. Parabéns,bjs.

    ResponderExcluir
  6. Yolanda, muito inspirador e otimo para realmente refletir. Eu sinto tambem que o mundo está depressa demais... parece que o tempo é menor do que antes. Sobre o que eu fiz, do que planejei, do que conquistei, eu estou meio equilibrada na balança. Espero que ano que vem eu consiga colocar um ponto final em pendencias do passado e finalmente tomar as redeas da minha vida. Chegarei lá!

    ResponderExcluir
  7. Deixo uma dica para aqueles mais agoniados: não deixe o ano passar pra começar a refletir. Reflexão é uma coisa que deve ser feita todos os dias.

    Ps.: Essa música é linda.

    ResponderExcluir
  8. Obrigada Gisa, do Aconchego e Descanso, aliás muito sugestivo seu codinome...
    Controle é tudo, amiga, disse bem...
    Meu sincero abraço,
    Yolanda

    ResponderExcluir
  9. Estou muito feliz com sua presença, amiga Sissy!
    Tenho a mesma sensação que você: o tempo encurtou... Talvez porque ficamos tão envolvidas
    com soluções para nosso problemas, que deixamos a vida passar...
    A gente deveria se cobrar menos e não levar tudo tão a sério...
    Não diga "eu espero conseguir", mas "eu conseguirei"...
    Meu carinhoso abraço,
    Yolanda

    ResponderExcluir
  10. Fico feliz com a presença, amigo Bruno.
    Todo dia aprendemos algo novo e se não podemos mudar o fim, que haja um novo recomeço, sempre!
    Um forte abraço,
    Yolanda

    ResponderExcluir
  11. Amiga Yolanda,

    De que nos lamentamos tanto? Por que estamos sempre nos queixando de tudo e de todos? O que nos impede de alcançar a felicidade e de realizar cada um de nossos sonhos?

    Estamos olhando para as lutas? Estamos preocupados com os problemas do caminho? Estamos valorizando as dificuldades? Mas, por que tudo isso se a nossa força vem do Senhor e se Ele está pronto a levar sobre si todos os nossos fardos?

    Quando nos esquecemos das promessas do Senhor ou deixamos de confiar em Sua atuação, começamos a ter receio de tudo e não somos capazes de dar um passo sequer à frente. Perdemos a alegria, perdemos a fé, perdemos a esperança e deixamos de viver a felicidade abundante que Deus determinou que experimentássemos aqui neste mundo.
    "Lança o teu fardo sobre o Senhor, e ele te susterá; nunca permitirá que o justo seja abalado" (Salmos 55:22).

    abçs Marivan

    ResponderExcluir
  12. Tudo passa depressa demais, vivemos muitas coisas boas, outras nem tanto, mas tudo serve como reflexão, nunca parar, sempre continuar com tranquilidade e fé inabalável, só assim será possivel conseguir realizar os nossos objetivos.

    ResponderExcluir
  13. Sábias palavras, amigo Marivan.

    "Aprendamos com os pássaros a depender cada dia de Deus. Quem nos deu a vida e nos fez existir, também pode cuidar da gente. Sejamos alegres, agradecidos e trabalhemos."

    Meu grande abraço,
    Yolanda

    ResponderExcluir
  14. Tem razão, amiga Fátima.
    Nossos objetivos devem nos guiar para a melhor escolha, para isso é necessária a serenidade e a fé...
    Aceite meu afetuoso abraço,
    Yolanda

    ResponderExcluir
  15. Em minha opinião, a falta de paciência é decorrente do quão individualista e arrogante está o ser humano. Com um nível de tolerância zero, como diria o humorista, o homem passa a viver como um sargento que exige que seus subordinados atendam-no de imediato, caso o contrário... O pior é quando menos percebemos, já fazemos parte desse contexto. Assim, é preciso estar atento e saber quando é chegada a hora de dar um basta! A vida não para, é fato. Mas, o que adianta passar pela vida sem vivê-la em toda a sua plenitude?
    Bela postagem, bela canção, excelente tema.
    Obrigada por compartilhar!
    BEIJOSSSSSSSSS

    ResponderExcluir
  16. É agradável ler seus comentários, sempre tão bem colocados, amiga Neusa.
    Na arrogância se esconde a fraqueza do ser humano e na vaidade o vazio interior...
    A vida é uma estrada sem volta. Alguém compraria terrenos à direita ou à esquerda dessa estrada?
    Concordo com você que é preciso viver plenamente cada segundo de nossos dias...
    Meu grande e forte abraço,
    Yolanda

    ResponderExcluir
  17. Amiga Yolanda!
    Que linda mensagem amiga!
    Estamos sempre no corre-corre da vida e esquecemos muitas vezes que emitimos sons para o universo,e ele reconhece os bons sons e não reconhece os maus sons.
    É como uma música,sentimos prazer em ouvir algumas,enquanto outras nem nos damos trabalho de ouvir.Eu vejo assim.
    Tudo é troca,ele apenas ele devolve o que nós lhe oferecemos!Por isso,vivo o hoje com toda a intensidade,tentando sempre fazer o melhor,amanhã é amanhã se ele chegar serei grata e seguirei caminhando sem pressa,porque com certeza chegarei onde esta reservado para mim.
    Parabéns amiga por tão linda mensagem!
    Grande bjo no seu coração!

    ResponderExcluir
  18. Fico muito contente com sua visita, Claudia!
    É preciso relaxar para ouvir os sons que emitimos no universo...
    Viver cada dia como se fosse o último, sim, desde que escolhamos o caminho que nos leve a um bom lugar...
    Meu afetuoso abraço,
    Yolanda

    ResponderExcluir
  19. Olá Yolanda!!

    São canções como estas que nos inspiram e tocam nossa Alma! Todos nós temos nosso próprio som, emitimos através da nossa sintonia ao tocar as pessoas! Somos como notas musicais a cada momento numa frequência em acordo com as situações vividas e a vida é tão rara minha amiga! Quão maravilhosa nossa oportunidade de desenvolvimento em cada minuto vivido, Deus já nos deu a passagem para esta experiência e não há o que esperar, é viver, aceitar, respirar e sentir a vida pulsando em cada um de nós em nossas próprias diferenças! Maravilhoso compartilhar sempre com seu carinhoso convite à uma maravilhosa viagem, obrigada!

    Um abraço,
    "Todo o Conhecimento é Luz que Inspira a Alma" -*Vera Luz*-

    ResponderExcluir
  20. Seu texto é muito legal, Yolanda!

    Geralmente nessa época do ano, como você sugeriu, a gente dá uma parada e tenta olhar pra trás e ver o que fez de certo ou errado, até pra se programar para o próximo ano. O pior é que nem sempre conseguimos enxergar os erros e acertos. Aí tudo fica mais difícil!

    O tempo passa muito depressa. Nem sempre conseguimos compreender o que aconteceu ontem, e ficamos inseguros em relação ao amanhã.

    Mais um dezembro, mais um ano! O que virá por aí?

    Um abração...

    ResponderExcluir
  21. Sempre gosto de ler seus sábios comentários, amiga Vera Luz.
    Você consegue transmitir muita paz, sempre.
    Obrigada pelo carinhos da presença.
    Meu grande abraço,
    Yolanda

    ResponderExcluir
  22. Feliz com sua presença, amigo Carlos.

    Se compararmos nossa existência mediante o Universo,
    a vida humana não passa de um flash!

    A gente deveria se cobrar menos e ralizar o possível, sem tantas
    expectativas. Afinal, como canta Simone:

    "O que será amanhã? O meu destino será como Deus quiser."

    Meu forte abraço,
    Yolanda

    ResponderExcluir