Como uma criança mudou o mundo


Quantos de nós temos lembranças de lições dadas por nossos professores, que mudaram a nossa forma de pensar e agir?

Foi o que aconteceu com Ryan Hreljac na primeira série do curso básico, quando sua professora contou como as crianças africanas viviam e até morriam de sede por falta de água. Sensibilizado, Ryan começou a juntar dinheiro para comprar um poço para os meninos da África e assim começou sua história que aliviou a sede de meio milhão de africanos...

E, hoje, é responsável pela Fundação Ryan's Well.

Uma pessoa pode, sim, mudar o mundo! Desde que mude a si mesmo e ajude a outros a mudar.

 
Melhor visualização na tela inteira (full screen) 


 Formatação: Procurando autoria (adaptação para flash)
Fundo musical: Day Without Rain, Enya

4 comentários:

  1. ÁGUA é a fonte da Vida e do SER.Esse menino é a própria ÀGUA,é a própria válvula propulsora
    do VIVER.Sem água? Nunca mesmo porque nosso organismo tem 70% de água, sua constituição
    é voltada quase que toda para a água.Nosso planeta tem mais água do que terra.Viava a água viva esse MENINO ÁGUA.Abraços de Fernanda de Jesus Malta

    ResponderExcluir
  2. Feliz com sua presença, amiga Fernanda!
    A história desse jovem é fantástica, mesmo.
    Veja como a influência de um comentário em sala de aula pode sensibilizar nossos pequenos...
    Meu afetuoso abraço,
    Yolanda

    ResponderExcluir
  3. Querida amiga Yolanda:
    Estou inteira arrepiada! Eu nunca ouvi falar desse rapaz e de sua Fundação; fiquei emocionada ao tomar conhecimento do fato!
    Veja você, como uma criança de apenas 6 anos de idade, consegue fazer a diferença. Em minha opinião, são anjos que aterrissaram aqui na Terra, por um engano celestial...Parabéns por ter postado uma mensagem, que eu reputo como sendo de esperança!
    BEIJOSSSSSSS

    ResponderExcluir
  4. Que alegria vê-la por aqui, minha amiga Neusa.
    Incrível como um rapaz, hoje, com 19 anos de idade, já tenha realizado tantas maravilhas...
    Quisera nossas crianças pudessem ter esse incentivo nas escolas e praticar o bem.
    Há esperança, sim, minha amiga... Anjos existem para que não nos esqueçamos de nossa missão.
    Meu carinhoso abraço,
    Yolanda

    ResponderExcluir