Viver e não ter a vergonha de ser feliz


A vida é o Sopro do Criador numa atitude repleta de amor.”
Gonzaguinha (1945 – 1991)

Luiz Gonzaga do Nascimento Junior, mais conhecido como Gonzaguinha, era filho do também cantor e compositor Luiz Gonzaga e de Odaléia Guedes dos Santos, cantora do Dancing Brasil.

No início da carreira, a apresentação agressiva e pouco agradável aos olhos da mídia valeu-lhe o apelido de "cantor rancor", com canções ásperas, como Piada Infeliz e Erva Rasteira. Com o começo da abertura política, na segunda metade da década de 1970, começou a modificar o discurso e a compor músicas de tom mais lírico, como Começaria Tudo Outra Vez, Explode Coração e Grito de Alerta, e também temas de samba-enredo, como O que é o que é e Nem o Pobre nem o Rei.

Após uma apresentação em Pato Branco, no Paraná, Gonzaguinha morreu aos 45 anos, vítima de um acidente automobilístico no dia 29 de abril de 1991, enquanto dirigia o automóvel rumo à Foz do Iguaçu, encerrando tragicamente a brilhante carreira.
(Fonte: Wikipédia)
Melhor visualização na tela inteira (full screen)

Esta alegre apresentação traz lindas gravuras de artistas diversos e o samba que abre o site oficial Gonzaguinha, mantido pelo pesquisador Paulo Vanderley, junto com Walmar Pessoa. Uma ótima fonte de referência, com fotos, biografia, vídeos, letras de música e discografia.
 

Formatação: Clovis Lima
Fundo musical: O que é o que é de Gonzaguinha

10 comentários:

  1. Olá Yolanda!
    Noossa, vc não imagina como gosto desse grande músico e poeta! Todas as suas letras possuem uma abordagem tão realista da vida e, ao mesmo, tão poética, melodiosa mesmo. Um grande artista!
    Paradoxalmente, ele que cantou tão bem a vida, foi-se embora muito cedo...mas, certamente, será sempre lembrado, pois o verdadeiro artista é imortal e transcende o próprio tempo! Belíssimo post, parabéns pela fantástica escolha! Beijossssssssss

    ResponderExcluir
  2. Que bom saber do seu gosto pelo compositor e cantor Gonzaguinha, amiga Neusa!
    Filho de peixe, peixinho sempre... Luiz Gonzaga, o pai, também era extraordinário.
    Obrigada pelo carinho.
    Meu afetuoso abraço,
    Yolanda

    ResponderExcluir
  3. Que Post Fantástico!
    Amiga Yolanda:
    Parabenizo-a pela linda homenagem ao grande cantor, compositor e cidadão, Luiz Gonzaga do Nascimento Junior, o Gonzaguinha. Com certeza foi um dos mais brilhantes cantores brasileiros que em sua passagem só enriqueceu a música brasileira.
    Parabéns pelo magnífico Post!
    Abraços,
    LISON.

    ResponderExcluir
  4. Amigo Lison, sempre é uma alegria receber seus comentários!
    Procuro lembrar dos compositores que fazem a diferença. Gonzaguinha, mesmo com sua breve carreira, deixou pérolas e se eternizou como o pai...
    Meu afetuoso abraço,
    Yolanda

    ResponderExcluir
  5. Yolanda querida!
    Parabéns pela lembrança a esse grande artista! Eu gosto muito das músicas de Gonzaguinha!
    Grande beijo,
    Jackie

    ResponderExcluir
  6. Estou feliz pela tua presença neste meu espaço, amiga Jackie.
    Imagino Gonzaguinha, como tantos outros saudosos compositores, cantando junto aos anjos... O céu certamente está em festa!
    Meu carinhoso abraço,
    Yolanda

    ResponderExcluir
  7. Parabéns pelo blog,
    Por te lembrado dessa música que eu amo
    "viver e não ter vergonha de se feliz"
    aaah estou seguindo
    #Beijos

    ResponderExcluir
  8. Agradeço a presença, Mayara!
    Fico feliz ao saber da tua alegria de viver...
    Meu afetuoso abraço,
    Yolanda

    ResponderExcluir
  9. Entrei amiga seu blog é maravilhoso.
    Fica na paz do SENHOR SEMPRE

    ResponderExcluir
  10. Agradeço o carinho da visita, amiga Nádia!
    AMÉM!
    Meu afetuoso abraço,
    Yolanda

    ResponderExcluir