A última Primavera

 
E se fosse anunciado que a Primavera estaria por acabar? Seria a última de tantas flores, tantos amores, tão cheia de vida...


Talvez um milagre pudesse acontecer e fazer a Primavera renascer.

Confesso que me emocionei com o poema... Encante-se com esta linda apresentação!

Melhor visualização na tela inteira (full screen)
Formatação: Shirley Bruschi de Abreu
Fundo musical: O Paraíso existe e está aqui, José Carlos Arantes
Veja também: Sinfonia Primaveril

6 comentários:

  1. Oi Yolanda!

    Estou aqui te fazendo uma visitinha e agradecendo o comentário lá no meu post da Blogagem Coletiva! Estou aproveitando para te seguir, ler e adicionar o seu Blog na lista dos que sigo ok?

    Bj grande!

    ResponderExcluir
  2. Obrigada, Bia. Fico feliz que tenha passado por aqui e também por fazer parte de sua lista de amigos.
    Meu afetuoso abraço,
    Yolanda

    ResponderExcluir
  3. Oi Yolanda, realmente, faz com que paremos pra pensar....

    ResponderExcluir
  4. Realmente, amiga Ana Lucia, esse poema me fez refletir sobre algumas espécies ameaçadas. No meu caso, temos aqui em casa algumas colmeias de abelhas nativas, que polinizam 70 por cento da fauna, a graciosa abelha Jataí. Imagine se ela desaparecer da Natureza?!
    Obrigada pela presença.
    Meu carinhoso abraço.
    Yolanda

    ResponderExcluir
  5. Olá Yolanda,

    Por um choro de amor, renasce a Primavera!!!

    Ainda bem.. nasci no finzinho dela... mas adoro seu perfume e sua beleza, não poderia viver sem...

    Abraço

    ResponderExcluir
  6. Ainda bem que o anúncio de despedida da Primavera foi só no poema, amigo Geraldo!
    Felizardo você ter nascido numa estação tão linda...

    Meu afetuoso abraço,
    Yolanda

    ResponderExcluir