Vou-me embora pro passado

Jessier Quirino é paraibano de Campina Grande, arquiteto por profissão, poeta por vocação. Com seu estilo humorístico da poesia matuta, gênero consagrado da literatura brasileira, ele é o narrador desta apresentação.

Uma viagem no túnel do tempo, de volta aos anos 60, em que o formatador consegue enriquecer o poema de Quirino através de imagens, lembrando os hábitos, tradições, influência estrangeira, comportamento e os chamados “reclames” da rádio e TV.

É pura nostalgia e registro de uma época distante. Vale reservar alguns minutos para ouvir a declamação deste poeta.
Melhor visualização na tela inteira (full screen)

No site oficial de Jessier Quirino você encontrará alguns vídeos e, dentre eles, uma entrevista no Programa do Jô: http://www.jessierquirino.com.br/

Formatação: Mário Lugo Vieira
Fundo musical: Leva eu Saudade, Nilo Amaro e os cantores do Ébano

2 comentários:

  1. Eu não o conhecia! Realmente, uma doce viagem nostalgica!

    ResponderExcluir
  2. Fico feliz que tenha gostado da apresentação, Sissy. Nossos poetas precisam ser divulgados, sempre!
    Meu afetuoso abraço,
    Yolanda

    ResponderExcluir