Azul do vento

Melhor visualização na tela inteira (full screen)

Fundo musical: Chopin, Les Silfides (versão new age)

Esta apresentação é um pequeno tributo ao eterno Mario Quintana, que nasceu na cidade de Alegrete, RS, e faleceu em 1994, próximo de seus 87 anos. Mario Quintana tinha um carinho especial pelas crianças, tendo dedicado a elas alguns de seus livros.

Dentre os vários poemas de Quintana, um deles conta sobre uma passagem de sua infância:

“Oh! aquele menininho que dizia “Fessora, eu posso ir lá fora?”mas apenas ficava um momento bebendo o vento azul...”

4 comentários:

  1. Que lindo com o novo design adorei...
    Tu mesma o fazes ? ...nossa espetacular
    Volto sempre a este lugar acolhedor,
    vou tentar lincar ao meu blog.

    ResponderExcluir
  2. Querida Helga,
    O layout foi desenvolvido por Aqua Poppy Designs(aquapoppydesigns.blogspot.com). É um site de uma simpática webdesigner, que desenvolve design personalizado e também oferece alguns gratuitos.
    Obrigada pelo carinho da mensagem.
    Meu afetuoso abraço,
    Yolanda

    ResponderExcluir
  3. Yolanda que coisa mais linda de se ver.
    "A beleza é a forma angélica da verdade".
    Bjos

    ResponderExcluir
  4. Fico feliz com teu comentário, Cecília. Todo o crédito é do autor da apresentação, que assina com o codinome um_peregrino, e que nos presenteia com seus trabalhos.
    Meu carinhoso abraço,
    Yolanda

    ResponderExcluir