A mais bela de todas as coisas

Melhor visualização na tela inteira (full screen)

Formatação original: Karinizumi (Reformatação: W. Colocero)
Música: Perhaps Love, Instrumental

Eis uma singela apresentação, com imagens que transmitem a beleza das coisas mais lindas da vida.

O trabalho sem amor te faz escravo. A beleza sem amor te faz fútil. A vida sem amor, não tem sentido...”

0 comentários. Para comentar clique aqui.:

Postar um comentário