Tudo são maneiras de ver

Melhor visualização na tela inteira (full screen)

Poema de Fernando Pessoa, que fala da forma como cada um interpreta e reage com os acontecimentos.

Onde você vê a teimosia, alguém vê a ignorância. Um outro compreende as limitações do companheiro, percebendo que cada qual caminha em seu próprio passo e que é inútil querer apressar o passo do outro, a não ser que ele deseje isso”.

0 comentários. Para comentar clique aqui.:

Postar um comentário